Cuidados com o travesseiro: como lavar, secar e mais dicas

Ao longo do tempo, os travesseiros acumulam oleosidade, além de resíduos de pele e pelo, ácaros e pó. Eles também acabar apresentando aparência amarelada e capas de tecido emboloradas.

Por isso, preparamos algumas dicas para você mantê-los sempre limpinhos:

1.Travesseiros podem ser lavados tanto à mão, quanto à máquina, de acordo com suas características. Mas, atenção: os de látex, visco elástico, molas e anatômicos devem ser lavados à mão. Já os travesseiros de pena de ganso ou plumas devem ser lavados a seco. Levá-los à lavanderia é o mais indicado.

2.Quando for colocá-los na máquina, posicione no máximo dois por lavagem sempre na horizontal. Programe um ciclo leve e prefira utilizar sabão líquido, ou invés do em pó, e amaciante.

3.Para lavar, encharque o travesseiro em um tanque ou balde e esfregue com detergente neutro ou sabão líquido de sua preferência. Enxágue totalmente e aperte, evitando torcer para retirar o excesso de água.

4.Lavar um travesseiro elimina grande parte dos micro-organismos, no entanto, os sobreviventes podem se multiplicar rapidamente caso a secagem seja incompleta.

5.Depois de lavados, os travesseiros devem ser secos à sombra e em local bem ventilado.

6.Quando exposto ao sol, o interior do travesseiro que é repleto de umidade aquece, facilitando ainda mais a proliferação de ácaros, fungos e bactérias.

7.A radiação ultravioleta também pode oxidar a superfície do material, deixando-a amarelada. Deixe os travesseiros arejando, expostos à iluminação indireta.

8.Troque as fronhas dos travesseiros para lavar a cada semana. Assim, a limpeza do travesseiro pode ficar programada para intervalos maiores, de três meses, por exemplo.

9.Capas impermeáveis ajudam na vida útil dos travesseiros, mas podem aquecer mais seu interior, mantendo o ambiente propício para micro-organismos, cuidado.

10. Travesseiros possuem prazo de validade e precisam ser trocados de tempos em tempos. Após dois anos de uso, 25% do seu peso é formado por ácaros vivos, e seus resíduos.

 

#DicasDaju!